“Quero estar na primeira página do Google!” 

Neste artigo vamos ver as 5 dicas práticas de SEO que podem melhorar a qualidade do seu site:

1 – Palavras-chave relevantes
2 – Conteúdos relevantes e de qualidade
3 – A estrutura por trás do site.
4 – Velocidade do site.
5 – Uma agência especializada em SEO.

Sem dúvida esse é o objetivo que toda empresa quer alcançar. E a sua não pode ficar de fora dessa ‘tática’. Já citamos aqui em nosso blog que não há muito segredo sobre como se posicionar nas primeiras posições dos resultados de busca da primeira página do Google, também conhecida como SERP’s, que é a sigla em inglês para Search Engine Results Page, a famosa “Página de Resultados”.

Em nosso artigo “Como aparecer nas primeiras posições do Google?”, mostramos que existem duas formas para sua empresa aparecer nas primeiras posições das SERP’s, uma é através da ferramenta paga, o AdWords, e outra é utilizando das práticas de SEO. A ferramenta do AdWords é paga e permite que seu anúncio apareça entre as quatro primeiras posições dos anúncios de acordo com o investimento e configuração das campanhas. Você pode tirar mais dúvidas sobre essa ferramenta clicando neste link.

Já o trabalho de SEO é mais complexo e os resultados são a médio – longo prazo. Ou seja, a pressa, não é amiga da perfeição. No artigo “O que é SEO? Para que serve?” citamos que SEO – Search Engine Optimization é um conjunto de técnicas que visa tornar os sites mais amigáveis para os mecanismos de busca. Através de um planejamento de palavras-chave selecionadas em todo o conteúdo do site, é possível alcançar posições melhores nos resultados orgânicos. E essas práticas variam de acordo com cada site, para E-commerces, por exemplo, a tática aplicada é diferente de páginas de Blogs e/ou sites institucionais.

Porém, independente do objetivo do seu site, vamos citar aqui 5 dicas práticas de SEO que podem melhorar a qualidade dele sem que você “perca a cabeça”.

SEO

 

1 – Palavras-chave Relevantes

Tudo começa com a pesquisa de palavras-chaves relevantes para seu site, são elas que determinarão para quem seu site vai aparecer e em que posição. A palavra-chave principal deve ser aquela que tem a ver com seu site, com seu produto e serviço e as variações das mesmas. Existem algumas ferramentas que auxiliam na busca e análise das palavras-chaves. Nelas você poderá conferir quais palavras tem alta ou baixa concorrência, quais palavras têm mais buscas ou não, e, tudo isso é importante para determinar a posição que seu site pode aparecer. Palavras com alta concorrência são mais difíceis de alcançar as primeiras posições, mas elas não devem ser ignoradas, trabalhe-as também, porém, as palavras de baixa concorrência são as palavras que farão seu site aparecer mais facilmente para quem o está buscando, foque nelas. Quando o usuário faz uma busca de uma palavra-chave não muito específica, ele encontra a seguinte tela:

google

Primeiro aparecem os anúncios pagos, logo abaixo aparecem os resultados orgânicos, ou seja, páginas e sites que já estão com a otimização de SEO completa e, consequentemente, aparecendo nas primeiras posições.

Geralmente os anúncios pagos, não apresentam exatamente o que o usuário está buscando, e como o Google identifica que é anuncio, existem estudos que comprovam que nem todo usuário tem confiança para clicar no anúncio, muitas vezes o clique tão desejado é realizado nos resultados orgânicos, pois, são os resultados que apresentam maior confiança por não ser anúncio e, para quem já conhece a diferença, sabe que são páginas qualificadas pelo Google.

As palavras-chave muito abrangentes como no exemplo “comprar roupas” tem uma concorrência muito grande, pois é uma palavra-chave sem variação, então isso pode trazer qualquer tipo de resultado. Para que sua página seja encontrada e ganhe credibilidade, procure usar palavras de “cauda longa”, ou seja, use variações, como por exemplo: comprar roupas femininas, comprar roupas masculinas, comprar roupas para criança, comprar roupas plus-size, etc. Assim, você tem mais chance de ser encontrado por quem realmente está te procurando sem que ocorra algum tipo de “rejeição” do usuário.

img_28032017_114031_0

2 – Conteúdos relevantes e de qualidade

Como já citamos em outros artigos, em terra de SEO, conteúdo é Rei! Sim, o conteúdo é determinante para o bom posicionamento do seu site ou blog nas primeiras posições dos resultados de buscas. Isso, porque é através deste conteúdo que você irá distribuir as palavras-chaves que você determinou como importante no passo acima, e escrever conteúdos que vão prender a atenção do seu público-alvo, atualmente conhecido como, Personas.

Não adianta selecionar as palavras-chave e escrever um texto que não está relacionado a elas ou ao que sua empresa ou produto/serviço oferece. É importante também você separar cada termo por artigo. “Mas como assim?” Assim, se você vende roupas, como no exemplo usado acima, você deve segmentar seus conteúdos por temas: roupas e suas variações. Então, se suas palavras-chave mais importantes são: roupas femininas, roupas infantis, roupas masculinas e roupas para plus-size, cada palavra-chave deve ser destinada a um artigo específico, onde o conteúdo será todo voltado para esse tema.

É importante que você distribua a palavra-chave durante todo o conteúdo. Se seu texto tiver até 600 palavras, por exemplo, é importante que elas sejam citadas no decorrer do texto pelo menos de 5 a 8 vezes. Claro que você não deve encher seu texto com essas palavras, o Google possui diversas técnicas para saber quando um conteúdo está propositalmente destinado a melhorar a prática de SEO irregularmente e você pode sofrer punições. No geral, é importante que suas palavras-chave ocupem de 3% a 5% de todo o conteúdo. Agora, respire, pois falta pouco para você saber o restante das 5 dicas práticas de SEO que podem melhorar a qualidade do seu site.

img2-criar-site

3 – A estrutura por trás do site

Para o usuário, o mais importante em seu site é se você atende as necessidades dele, se você conversa com ele da maneira que ele entende e se você apresenta as informações que ele precisa. Basicamente, esse é o princípio de tudo para você conquistar a confiança dele, mas para chegar até ai, existe toda uma estrutura que você precisa programar em seu site para que tudo isso que citamos até agora funcione.

“Meus Deus, está ficando mais difícil do que eu pensava!” Relaxa, se você está pensando isso neste momento, não se preocupe. Não é tão difícil quanto parece. “Mas afinal o que é que eu tenho que fazer?”

A estrutura básica que o SEO exige para seu site é composta por:

URL Amigável – nada mais é que o link de cada página do seu site ou artigo de Blog. A URL deve conversar com o conteúdo da página e é através dela que o Google vai determinar se sua página vai aparecer para a palavra-chave pesquisada pelo usuário. Vamos aos exemplos:

Sua página de roupas tem as seguintes páginas:
Home / Roupas Femininas / Roupas Masculinas / Moda Plus-Size / Contato / Blog.
Então, cada página deverá ter uma URL específica: Exemplos de como fazer corretamente:

www.meusite.com.br/home
www.meusite.com.br/roupas-femininas/
www.meusite.com.br/contato
www.meusite.com.br/moda-plus-size/
www.meusite.com.br/blog

Um exemplo de URL não amigável é: http://www.meusite.com.br/index.php?pagina=noticia&id_noticia=12

Esse tipo de URL não possui nenhuma identificação da página de destino, sobre o que ela se refere e nem possui a palavra-chave importante, então a ferramenta do Google não consegue “ler” essa URL para poder apresentar ao seu usuário com relevância.

Meta Tag e Meta Description – Essas configurações são feitas dentro da Head de seu site, ou seja, são linhas de códigos em HTML que descreve o conteúdo do seu site de forma resumida para as ferramentas de buscas. É através dela que o Google vai identificar se sua página tem a ver com o termo de pesquisa realizado pelo usuário e posicioná-la para ele. As meta tags e meta descriptions devem conter informações como suas palavras-chave e sua autoria como código fonte. Exemplo:
< HEAD >

< TITLE > Escrever o título da página < /TITLE >

< META NAME=”author” CONTENT=”Nome do Autor” >

< META NAME=”description” CONTENT=”Descreva o seu site com o mais detalhe possível” >

< META NAME=”keywords” CONTENT=”aqui , você, insere, as, palavras, chaves, relacionadas” >

< /HEAD >

H1, H2 e H3 – Chamadas de Heading Tag, são títulos que vão do H1 ao H6, programados também em HTML. São os Cabeçalhos das páginas e eles determinam para os buscadores quais conteúdos do seu site são mais importantes. As H1, H2 e H3 devem conter as 3 principais palavras-chaves do seu negócio. A H1 é o título de mais importância e destaque da página, as demais são destinadas aos subtítulos da página, onde se devem usar as palavras-chaves complementares.

Backlinks – São as páginas que estão apontando para seu site e determinam sua reputação, quanto mais links de fora do seu site estiverem apontando para ele de forma positiva, mais relevância o Google vai entender que seu site tem. Um exemplo simples é quando você está lendo um artigo de blog sobre “moda pluz size” e ele possui um link para sua página que estenderá o assunto abordado ao qual o usuário está lendo, o Google entende isso como uma “indicação” e ajuda no posicionamento da sua página. Mas cuidado! Como falamos, o Google possui formas de descobrir se isso está sendo realizado de forma irregular para acelerar a reputação do seu site e pode penalizá-lo por isso, então não deixe de se atentar bem e seguir essas 5 dicas práticas de SEO que podem melhorar a qualidade do seu site. Ferramentas ótimas para isso são as Redes Sociais. Use e abuse delas!

Otimização das imagens do site com alt text – Não pense que as imagens de seu site não te ajudam com o posicionamento desejado, elas podem e muito colaborar para que isso aconteça, por isso, toda e qualquer imagem que seu site e páginas tiverem, deve conter uma tag com a palavra-chave relacionada, chamada de alt text. Isso deve ser feito em todas as imagens, gifs, infográficos e etc.

Mas atenção, tudo isso deve ser feito pelo programador do seu site e você não precisa “quebrar a cabeça” para realizar essas configurações. Na dúvida, peça ajuda.

SEO

 

4 – Velocidade do site.

A velocidade do seu site, não é necessariamente um fator que impacta no ranqueamento dos resultados das pesquisas realizadas nos buscadores, mas é fundamental para obter melhores resultados com seus usuários. Isso porque, de nada vai adiantar fazer tudo isso que citamos até agora e seu site demorar muito para carregar, fazendo com o que o usuário não espere e feche sua página antes mesmo de acessar qualquer conteúdo. Isso impacta nos seus resultados diretamente, pois assim haverá uma taxa de rejeição muito grande, seu site perderá a credibilidade do usuário que não retornará mais muito provavelmente. Afinal, essas 5 dicas práticas de SEO que podem melhorar a qualidade do seu site não são só para agradar o Google, mas principalmente para agradar seu cliente!

SEO

 

5 – Procure uma agência especializada em SEO

Parece simples aplicar as práticas de SEO em seu site sozinho, seguindo nossas dicas e buscando informações no próprio Google, por exemplo, mas não é tão simples assim. Essas táticas requerem muito estudo e conhecimento. São técnicas complexas para quem é iniciante! Por isso, a UNIUS Comunicação e Marketing é a Agência perfeita para te ajudar. Além de melhorar as posições da sua empresa nas primeiras páginas dos buscadores, seu site terá uma ótima reputação fazendo com que atraia mais leads qualificados de forma orgânica.

A Unius é especialista em estratégias de SEO e pode ajudar a colocar sua empresa onde você deseja estar!
Venha tomar um café conosco!