Pode ser estranho pensar na junção da publicidade com a mídia programática, mas as duas juntas trazem excelentes resultados.

É importante entender como isso funciona, para depois ver como o seu negócio se encaixa e assim potencializar a ferramenta para o seu benefício.

O que é a mídia programática

Os sites possuem espaços conhecidos como publishers para publicação de mídia que podem ser compradas. A segmentação nessas áreas possibilita diversas opções para apresentar o seu produto/serviço ao seu público alvo, ou seja, você anunciará em plataformas que condizem com o seu segmento.

A facilidade desse serviço, graças às mudanças e aperfeiçoamentos tecnológicos, é chamada de mídia programática, que envolve a venda e compra dos inventários de display.

Parece leilão

Imagine quantos sites possibilitam vender os seus espaços, isso se torna mais concorrido. É por esse fator que alguns lugares funcionam a base de quem dá mais, ganhando aquele que oferecer o valor mais alto pelo display, o RTB (real-time bidding).

Hoje se tornou mais prático adquirir esse serviço que foi potencializado e é realizado por um sistema, poupando encontros demorados e ligações intermináveis. O processo ainda está em constante evolução, mas já é possível realizar essa aquisição de forma simples pela internet.

Existe a compra fixa, chamada de impressões, que é possível adquirir zonas visando um objetivo específico, o DSP (Demand-Side Plataform). Por exemplo: você quer atingir mulheres grávidas de 40 anos, através dessas classificações será possível buscar acessos para vincular sua campanha nos sites mais visitados por esse público, otimizando o destino das suas ações.

Para o seu negócio

Mídia programática é eficiente por se tratar de uma ferramenta com destino certo. Por exemplo: você cria uma ação, nela é estipulado o público alvo, retorno, interação e alcance. Com a ferramenta programática você pode comprar espaços em display, vídeos, mobile e social, como o Facebook, visando maior retorno em cima do seu planejamento. Aperfeiçoar o alcance é a melhor arma para não perder tempo e dinheiro investindo em um local onde seu público alvo não acessa as informações.

Conheça os principais termos da mídia programática:

  • AD Network: Conexão entre anunciantes e sites que querem vender o seu espaço;
  • RTB (real-time bidding): Modelo de leilão em tempo real;
  • DSP (Demand-Side Plataform): Plataforma que norteia o comprador a selecionar os sites que o alvo dele procura;
  • SSP (Sell-Sde Plataform): Olha e integra vários inventários e mostra qual é o mais interessante para a ferramenta DSP;
  • ATD (Agency Trading Desks): Possibilita ao comprador de espaços adquirirem isso via agência ou por meio de trading desks;