Afinal, o que é Google AdWords?

Muito se fala sobre o Google AdWords e sobre o poder de resultados dessa ferramenta, mas o que realmente é o Google AdWords?
Começando dizendo que os hábitos de compra mudaram muito nos últimos tempos, e claro, já perceberam isso. Antes, quando alguém precisava comprar determinado produto ou contratar um serviço, pedia indicação de uma empresa para um conhecido, alguém próximo ou de confiança, atualmente, esse “alguém próximo” foi substituído pelo Google.
O Google é o lugar onde todas as informações se encontram, onde você pode ter acesso a tudo, saber sobre qualquer coisa através de diversas fontes, então, na verdade, o Google sempre foi uma grande prateleira de anúncios, mas seu potencial só foi plenamente descoberto a pouco tempo atrás, quando nasceu o Google AdWords!

Ao realizar uma busca no Google, o usuário digita o que deseja encontrar, esses termos são denominados palavras chave.
Os anúncios do AdWords podem ser facilmente diferenciados dos resultados de busca orgânica, isso porque a própria Google sinaliza que se trata de um anúncio.

busca-google

resultados-de-busca-google-adwords

 

Como funciona o Google AdWords?

O melhor termo para explicar como funciona o Google AdWords é: leilão.
Isso porque, dentro dessa ferramenta, os anúncios funcionam em forma de leilão mesmo! A única diferença é que: nem sempre a maior oferta ganha.
Tá começando a ficar confuso, né? Calma, a gente explica!
O Google combina o fator “investimento” com o fator “qualidade” para determinar as primeiras posições entre os anunciantes.
O Google tem investido seriamente na experiência do usuário, ou seja, tem trabalhado o famoso “robô google” para detectar sites que apresentam a melhor experiência para quem acessa, e o fator mais importante para garantir uma boa experiência é: seu anúncio deve cumprir o que promete!
Se o seu site apareceu nos resultados de busca para “smartphone 32gb” o link do seu anúncio, obrigatoriamente, deve levar a uma página do seu site com informações sobre smartphones com 32gb. Se o usuário for encaminhado para a home ou uma página de um produto qualquer, a experiência do usuário não foi nada boa, então, fique atento a isso! Seu anúncio precisa entregar exatamente o que o usuário está buscando, não só evitar penalizações por parte da Google, como também para evitar um clique perdido.
Com “clique perdido”, queremos dizer que, se o usuário está buscando smartphones de 32gb e é encaminhado para uma página de notebooks, por exemplo, existe uma grande possibilidade de ele sair do seu site ao invés de ficar vasculhando os menus em busca de smartphones. Nesse caso, você pagou pelo clique de um usuário que não converteu no seu site, e nem trafegou por ele.

marketing-digital

 

Poder de segmentação

O AdWords também permite a utilização de diferentes formas de segmentação para a exibição dos anúncios, confira:

Palavras chave (Keywords) – Os anúncios são exibidos para pessoas que realizarem uma busca no Google utilizando palavras que representem produtos ou serviços, ou usuários que já visitaram websites sobre o mesmo assunto de interesse.

Tópicos ou Canais – A plataforma da Google te permite escolher um tópico específico, e então, os anúncios serão exibidos em vários sites sobre esse mesmo tópico. Também existe a possibilidade de escolher diretamente os sites mais acessados pelo seu público e exibir seu anúncio neles.

Público – Com a segmentação de público alvo, você pode exibir anúncios para pessoas interessadas, mesmo quando essas pessoas estiverem navegando em outros sites, usando aplicativos ou assistindo vídeos que não estejam diretamente relacionados ao seu segmento.

Local, idioma e idade – A plataforma também te permite fazer a segmentação por filtros básicos, como a idade do usuário, sua localização ou idioma.

Dias e Horários – Existe também a possibilidade de escolha entre dias e horários para a exibição dos seus anúncios, assim, você pode escolher os horários e dias de maior audiência e programar seus anúncios para serem exibidos nessas condições específicas.

Dispositivos – Os anúncios podem ser exibidos em todos os dispositivos conectados a internet, e com essa função, você tem a possibilidade de determinar em quais dispositivos gostaria que sua campanha fosse exibida, por ex: notebooks, desktops, smartphones, tablets, etc.

As segmentações do AdWords são possibilidades a serem exploradas pelo anunciante, podendo combinar estratégias e realizar testes. Utilizando a segmentação de forma correta, você aumenta as chances de sucesso do seu anúncio.

 

Como eu começo minhas campanhas no AdWords?

O primeiro passo é ir para o Google AdWords e clicar em começar!

anuncio-google-adwords

 

Preencha seus dados (e-mail e homepage do site) e comece a configuração da sua primeira campanha.

formulario-google-adwords

formulario-google-adwords-anuncio

 

Iniciar suas campanhas no Google AdWords é bem simples, a parte complicada é configurar a campanha, ou seja, criar um bom texto de anúncio, que chame a atenção dos usuários e gere cliques. Além de definir um orçamento que esteja alinhado com as possibilidades da sua empresa, e ao mesmo tempo, que gere um potencial de resultados grande.

 

Formas de Anunciar

Quando você está pensando em colocar no ar sua primeira campanha, deve decidir de qual forma ela será exibida. Existem diversas formas de exibição, aqui, vamos falar das principais!

Rede de Pesquisa

A rede de pesquisa é composta pelos resultados de busca do Google e de sites parceiros. Os anúncios são exibidos em áreas de destaque nos resultados de busca, normalmente, entre as quatro primeiras posições, e quando falamos de uma palavra chave com alta concorrência, existe a possibilidade da exibição ocorrer também nos três últimos resultados.

 

resultados-google-adwords

 

A principal vantagem de optar pela rede de pesquisa é que seus anúncios só serão exibidos para pessoas interessadas, ou seja, usuários pesquisando informações sobre produtos e serviços que você oferece.

Rede de Display

A rede de display é composta por milhares de sites de diversos segmentos, por exemplo, Gmail, Blogger, YouTube, etc.
Ao exibir anúncios da rede de display, o anunciante pode alcançar um bom número de usuários, exibindo seu anúncio em diversos formatos: texto, gráfico, vídeo ou rich media.

rede-display-google-adwords

A rede de display pode impactar usuários em diferentes fases da jornada de compra, por exemplo, um usuário pesquisa dicas sobre as melhores cores de maquiagem para casamento, então, por meio da rede de display, encontrou um blog com dicas de maquiagem para casamento, e dentro do blog, um banner com uma promoção de maquiagem. Esse anúncio tem grandes chances de converter, justamente por se enquadrar no momento certo da jornada de compra desse usuário.

Google Shopping

Se você possui um e-commerce, o Google Shopping deve ser seriamente considerado para os seus anúncios! Através dele, é possível criar campanhas para promover produtos e intensificar o tráfego no seu site ou até mesmo para lojas físicas, além, claro, de gerar leads qualificados!
Para anunciar no Google Shopping é necessário enviar os dados dos produtos para o Google Merchant Center.
Nesse formato de campanha, os anúncios não utilizam palavras chaves, e sim informações do feed que o Google vai relacionar com o que as pessoas estão buscando.

google-shopping

Uma das principais diferenças do Google Shopping para os demais formatos de anúncio, é que nesse formato, além do texto, os anúncios são acompanhados de imagem dos produtos, preço, nome da loja, etc.
Você pode fazer mais de uma campanha ao mesmo tempo, ou seja, seus anúncios no Google Shopping podem aparecer ao mesmo tempo que um anúncio na rede de pesquisa, por exemplo.

Escolha o tipo de anúncio que faz mais sentido para sua empresa e inicie suas campanhas no Google AdWords, considerada a maior vitrine de produtos do mundo!